Ministério lança aplicativo para facilitar a busca por emprego

O ministro do trabalho, Ronaldo Nogueira, lançou nesta terça-feira (23) um aplicativo para celulares e tablets que vai melhorar a comunicação entre o Ministério e os trabalhadores que dependem da rede Sine em todo o país. O Sine Fácil permitirá às pessoas acessarem vagas de emprego, buscarem informações sobre Abono Salarial e acompanharem os pagamentos de parcelas do Seguro-Desemprego.

“Esse aplicativo está inserido em um projeto do Ministério para aprimorar o relacionamento dos trabalhadores com a rede de atendimento Sine. Queremos aprimorar essa comunicação e, principalmente, tornar mais fácil aos trabalhadores e empregadores o acesso aos serviços do Sine”, afirmou o ministro.

Ronaldo Nogueira lembrou que o Sine disponibiliza diariamente cerca de 50 mil vagas de emprego em todo o país, e todas elas poderão ser acessadas pelo aplicativo. “Se o trabalhador tiver o aplicativo instalado, ele poderá acompanhar a inserção das vagas em tempo real e inclusive se candidatar a uma delas. E nós queremos que cada vez mais pessoas façam isso, porque existem 13 milhões de trabalhadores procurando emprego no país que podem se interessar por essas vagas”, explicou.

O aplicativo foi desenvolvido pela Dataprev, empresa de tecnologia do governo, e levou em conta a simplicidade, para que qualquer trabalhador consiga navegar nas funcionalidades criadas. Por enquanto, existe apenas na versão para Android, que já pode ser baixada gratuitamente.

Para utilizar o aplicativo pela primeira vez, o trabalhador precisará de um código de acesso (QR Code). Esse código é fornecido em qualquer unidade do Sine no país ou pelo site Emprega Brasil (www.empregabrasil.gov.br), caso o trabalhador tenha sido atendido no Sine em algum momento e já tenha cadastro na rede.

“É um projeto de acessibilidade social, que pensa no trabalhador, que visa facilitar o acesso a serviços e ao mercado de trabalho por meio da tecnologia”, resumiu o presidente da Dataprev, André Leandro Magalhães.

Via Ministério do Trabalho

WhatsApp chat